sábado, 26 de setembro de 2009

Pérolas do cinedebate

video

Momentos do cinedebate sobre HQs e Quadrinhos

A plateia aguardava ansiosa o começo do cinedebate.
A organização do Goiamum achou melhor "colocar o debate na rua", ou seja, o que estava programado para ser realizado no Auditório do Museu de Cultura Popular, terminou sendo feito no Largo Dom Bosco.
E eis a mesa: Moacy Cirne, Milena Azevedo (eu) e Roberto Sadovski
Tinha gente muito, mas muito à vontade mesmo...
Márcio Coelho (GRUPEHQ), Moacy Cirne e eu.
Os fãs do Sadovski (que é um cara legal e ético!).

terça-feira, 22 de setembro de 2009

DellaMorte DellAmore hoje na Mostra 24 Quadrinhos por Segundo

Hoje, dia 22 de setembro, às 20:00 horas, o Goiamum Audiovisual exibe, dentro da Mostra 24 Quadrinhos por Segundo, o filme DellaMorte DellAmore (aka Cemetery Man), dirigido por Michele Soavi, em 1994.
O filme é uma comédia de terror, baseada no romance homônimo de Tiziano Sclavi, escrito em 1991, que trazia uma aventura do "Detetive do Pesadelo", Dylan Dog, personagem que ele criou em 1986. Ruppert Everett dá vida à Dylan Dog, que no filme se chama Francesco DellaMorte, e tem como ajudante não o Groucho, mas um gordinho chamado Gnaghi (interpretado por Francios Hadji-Lazaro, que além de ator é músico e toca num grupo de rock francês). O trabalho de DellaMorte, no cemitério, é dar o adeus final às almas dos mortos, que retornam misteriosamente à vida após sete dias do seu padecimento.
Como o dvd de DellaMorte DellAmore nunca chegou ao Brasil, quem perder a exibição de hoje vai ficar gritando "Judas Dançarino" por um bom tempo.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Mostra 24 Quadrinhos por Segundo

Hoje, dia 21, tivemos a abertura da semana dedicada aos quadrinhos, dentro do Goiamum Audiovisual. O jornalista Roberto Sadovski falou sobre cada um dos filmes que serão exibidos e apresentou a animação Mafalda, feita em 1982.
O Largo Dom Bosco ficou pequeno pra tanta gente que queria ver a Mafalda na telona.
Também estão expostos alguns quadrinhos da minha coleção (que tiveram que ficar um tanto quanto espremidos no estande), mas amanhã chegará outro estande e Alex de Souza vai expor algumas preciosidades também.
Destaque para as HQs que foram adaptadas para o cinema
Meus dois tesouros e obras marcantes do quadrinho nacional: O Gavião do Riff e A Garra Cinzenta